Muitos pais hoje ainda são favoráveis a dar um tapinha ou outro nas crianças quando elas não obedecem, embora quase todos sejam contra as antigas surras que eram uma das formas de castigo preferidas.

No entanto, você já se perguntou porque você bate nos seus filhos? Será que é para educá-los? Ou será que você dá aquele tapa, agarrão ou sacolejo quando você se sente frustrado com as ações de seus filhos?

Acontece que as crianças têm a necessidade muito frequente de testar seus limites e muitas vezes levam os pais ao extremo de sua paciência. No entanto, sempre que sentir vontade de dar um tapa em seus filhos, pense nas mensagens que isso passa para ele, mesmo que não traga consequências físicas.

Como os filhos aprendem por exemplo, ele entenderá que:

  1. Deve ser castigado fisicamente por algo que fez errado, o que pode levá-lo a se machucar por culpa;
  2. Que quando as pessoas não fazem o que ele quer, ele pode bater afinal, é o que o papai e a mamãe fazem quando eu não faço o que eles querem;
  3. Não precisa procurar mais argumentos ou soluções pacíficas quando estiver frustrado com uma situação que não consegue resolver já que o papai e a mamãe também desistem com ele.

Há diversas outras formas de disciplinar seu filho já que seu mal comportamento não deve passar em branco, mas o mais importante é respirar fundo e lembrar dessas considerações. Mantenha a calma e procure outras ferramentas para impor sua autoridade em casa.